Tecnologia

2021 foi um ano com muitos avanços na oferta de soluções tecnológicas e na forma de gestão

O ano de 2021 marcou o início do processo de transformação em nossa Área de Tecnologia do Mercado (ATM). Criamos o “TM em Pauta” para desenvolver atividades de gestão com nossos colaboradores diretos e terceiros em três formatos de enfoques distintos, porém complementares. Para dinamizar e ampliar as iniciativas, constituímos uma curadoria plural com membros de todas as áreas da ATM, independentemente do nível hierárquico ocupado na organização.

O “Secos & Molhados” objetivou o nivelamento e “prestar contas” das entregas (secos) da ATM, bem como apresentar a proposta de atividades para o ano vindouro (molhados). O “Olhar Futuro”, primeiro trabalho integral da Curadoria, estimulou a criatividade e o pensamento reflexivo para cenários futuros, certamente diferentes dos atuais. O uso de estratégias corporativas, como a gamificação, trouxe maior interação para o processo na organização a partir do nosso primeiro jogo colaborativo, o Starwatts. Além disso, o trabalho integrado entre as equipes da ATM foi pauta influenciada pela obra “Os 5 desafios das equipes” de Patrick Lencioni.

Promovemos momentos de integração como o “Café Coloquial”, estruturado como um encontro dos colaboradores para compartilhamento de experiências que enriqueceram seus conhecimentos e ampliaram seus horizontes. A primeira edição oportunizou, mesmo que virtualmente, uma aproximação entre os participantes por meio da partilha de suas experiências individuais, independentemente dos aspectos profissionais. Advogamos que conhecer melhor as pessoas com quem trabalhamos é uma boa forma de estabelecer a confiança e o pertencimento para atuarem numa causa comum.

No último trimestre do ano, implementamos a nova estrutura organizacional da ATM. A proposta, homologada pelo Conselho de Administração, foi baseada em uma leitura combinada do diagnóstico da consultoria Ernst & Young (EY); da pesquisa de clima organizacional produzida pela Great Place To Work (GTPW), dos relatórios de assessment da consultoria SHER; e da pesquisa de satisfação interna sobre os produtos e serviços da ATM às demais áreas da CCEE.

Os norteadores da restruturação foram:

  • Simplificar os fluxos dos processos administrativos e produtivos;
  • Conciliar os métodos aplicados para desenvolvimentos de soluções tecnológicas às expectativas das áreas de negócio;
  • Fortalecer a governança dos processos, da gestão do conhecimento e dos indicadores de desempenho;
  • Prospectar a transformação digital coerentemente com o planejamento estratégico da CCEE;
  • Evitar crescimento de custos.

O processo de otimização da estrutura organizacional resultou num organograma harmônico que, por sua vez, se desdobrou em otimização de custos e na valorização dos colaboradores, com a implementação da sucessão plena nas vacâncias. Propiciou, ainda, a ampliação da capacidade de reconhecimento aos excepcionais desempenhos no rol dos colaboradores da ATM.

Em síntese, ratificamos a competência técnica e a assertividade gerencial como elementos fundamentais da gestão e escolhemos a integração e o binômio confiança & cooperação como Cultura e forma de trabalho. A restruturação organizacional não foi um fim em si, mas uma etapa necessária e coerente com a evolução das diretrizes da cultura organizacional, do planejamento estratégico da CCEE e da preparação para a transformação digital da nossa organização.

Com a implementação dessas ações e o engajamento dos colaboradores, alcançaremos e consolidaremos os objetivos de Transparência, Otimização, Prevenção e Integração na #nossaCCEE.

Confira, abaixo, as principais entregas de soluções de tecnologia em 2021. Foram produtos que melhoram a qualidade, a agilidade e a segurança dos serviços oferecidos aos nossos associados para suas atividades de negócio; que atenderam ao Ministério de Minas e Energia na implementação das soluções para a Oferta Adicional de Energia e Redução Voluntária de Demanda no contexto da pior crise hidroenergética que se tem registro histórico e, ainda, que facilitaram a administração dos beneficiados indiretos das políticas públicas setoriais geridas pela CCEE.

Novo Portal

O novo Portal da CCEE entrou no ar em 8 de novembro, com grandes mudanças no visual, nas funcionalidades e no conteúdo, que tornaram a plataforma mais moderna e facilitaram a usabilidade. Passamos a adotar uma linguagem mais direta e simples, sempre com objetivo de tornar as informações sobre o mercado de comercialização de energia elétrica ainda mais compreensíveis não somente para os envolvidos no setor, mas para a população em geral.

O portal foi construído durante um ano e o trabalho envolveu diversas áreas da instituição. Também realizamos interações com os agentes, realizando três workshops para colher sugestões e analisar boas práticas de mercado, obtidas a partir de reuniões e análises de benchmarking com companhias referências em relacionamento digital.

A área de tecnologia contribuiu muito em todas as etapas. Para garantir que o site entregasse performance e estabilidade, nossos especialistas analisaram diversas soluções de mercado e escolheram a plataforma Liferay, em sua versão open source. É uma ferramenta moderna, segura e em constante evolução que oferece confiabilidade e flexibilidade, permitindo adequações na estrutura no mesmo ritmo do setor.

Leilão de Reserva de Capacidade (implementações para suportar)

Em 2021, sediamos o primeiro Leilão de Reserva de Capacidade brasileiro, inaugurando mais um mercado operado pela CCEE. Cabe destacar que a CCEE atuou desde os primórdios da regulamentação de certame, por meio de estudos de modelagem apresentados ao MME objetivando configurar solução eficiente e equânime para contratar serviços de confiabilidade e adequabilidade do suprimento de energia elétrica. Trata-se de um bem de interesse coletivo, de todos os consumidores, independentemente do ambiente de comercialização em que se encontram. A nossa área de Tecnologia desenvolveu e implantou ferramentas para suportar todos os acessos, garantindo que o certame pudesse ocorrer sem falhas técnicas.

Ao todo, foram negociados 4.633 MW de potência, com deságio de 15,34%, representando uma redução de R$150 mil em relação ao preço inicial proposto para o MW/ano. Os empreendimentos estão espalhados nos quatro submercados do país e devem contribuir com um investimento da ordem de R$ 6 bilhões.

Migração de Carga Simplificada

Em dezembro, lançamos o serviço de Migração de Carga Simplificada, que passou a permitir a inclusão de novas unidades consumidoras com conexão direta à concessionária aderida, sem a necessidade de instalação compartilhada e de aprovação do projeto e relatório de comissionamento pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Todo processo de migração de carga foi redesenhado, que contou com a participação dos agentes opinando sobre o serviço e sugerindo melhorias.

Com a Migração de Carga Simplificada, o projeto conseguiu manter o funcionamento dos sistemas core, Siga e SCDE. O novo serviço de Habilitação Técnica permite a convivência entre uma aplicação com arquitetura atual e outros sistemas com arquitetura legada, como SCDE e Siga.

Entre os benefícios, estão:

  • Agilidade – entrada íntegra e unificada;
  • Automação – informações recuperadas da receita federal, correios, importação da DHC (Declaração do Histórico de Consumo) e geração da comunhão de direito na solicitação;
  • Aprovação express – o sistema aprova automaticamente a SMA (Solicitação de Modelagem do Ativo), Mapeamento e Cadastro do Ponto de Medição baseado em regras de negócio;
  • Visibilidade do agente no mesmo painel para acompanhar todo o processo de migração da carga, inclusive com pendências fora deste processo;
  • Notificações personalizadas a depender da etapa em que a solicitação se encontra;
  • Informações sobre pendências: comercial, ponto de medição, DHC (Declaração de Histórico de Consumo), Comunhão, Adesão, Elegibilidade e Desligamento;
  • Redução de chamados para a Central de Atendimento, pois agora o agente consegue acompanhar o status do processo na própria ferramenta.

Recontabilização Express

Em 2021, também lançamos a Recontabilização Express, um novo sistema que permite ao agente uma operação mais ágil e assertiva dos dados da recontabilização. A aplicação permite uma fácil gestão de todos os processos, administrando as etapas desde a solicitação até a conclusão com os efeitos decorrentes do processamento. O sistema foi concebido a partir de avaliações internas e a colaboração dos agentes, que contribuíram a partir da sua visão enquanto usuários, aperfeiçoando a Recontabilização para a melhor experiência de uso possível.

Com o lançamento dessa modalidade, conseguimos antecipar os efeitos financeiros decorrentes dos recálculos solicitados e reduzir prazos do calendário de reprocessamento, tornando toda a atividade mais ágil e simples.

Contas Setoriais

Lançamos diversas funcionalidades no Sistema de Contas Setoriais para tornar os processos mais transparentes e dar autonomia aos beneficiários da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e Conta de Consumo de Combustíveis (CCC). Para isso, o cadastro de documentos fiscais e a solicitação de reembolsos foram automatizados e padronizados.

Um avanço que merece destaque ocorreu no envio de documentos fiscais. O sistema passou a permitir a importação automática de documentos, que agora podem ser encaminhados em lote, além do envio manual, por meio de preenchimento em tela.

O Sistema de Contas Setoriais está integrado com o banco responsável por receber e efetuar as transações, o que garante a baixa automática e informações em tempo real para os usuários. Todas as atividades possuem painéis de consulta informando o status da solicitação e quais as ações que o beneficiário deve tomar.

Plataforma de Integração

Outra novidade de 2021 na área de Tecnologia, foram os novos serviços e relatórios disponibilizados na Plataforma de Integração, uma ferramenta capaz de unir os sistemas dos agentes com os sistemas da nossa instituição. É um canal de acesso para conectar o negócio do cliente de forma simples e acessar informações com rapidez, segurança e confiabilidade.

Em 2021 foram entregues serviços referentes a Noficação de Contratos, Medição além de 9 relatórios da DRI. Entre os serviços disponibilizados ao longo de 2021:

RPA - Volti

Em 2021 a organização passou a contar com um importante colaborador virtual, o Volti. Por meio da tecnologia RPA algumas atividades operacionais foram automatizadas liberando horas dos colaboradores para dedicarem tempo às atividades analíticas e cognitivas.

Entre os destaques temos a a nova fase da Portaria 514/18, a CCEE precisaria criar cerca de 1,5 mil novos perfis. Manualmente, o serviço levaria 201 horas. Com o Volti, o procedimento foi feito em 136 horas.

Nosso robô gerou todo os perfis sem nenhum erro e com muita estabilidade, e ainda conseguiu estabelecer parâmetros, tornando o processo mais benéfico e assertivo.

O Volti também foi utilizado para a criação de eventos contábeis e comparativo de reapuração do RRV. Antes do robô, a criação e o agendamento de eventos contábeis eram executados manualmente pelos analistas, que precisavam criar cerca de 20 tabelas dinâmicas de Excel. O Volti absorveu essas atividades passando a realizá-las automaticamente, com agilidade e menos chance de erro.

Em seguida, via camada de integração, o próprio robô entende que os processamentos foram finalizados e busca as informações no banco de dados gerando arquivos Excel contendo os dados de reapuração e a diferença entre eles.

Chatbot Elektra

Em 2021, estreamos nosso chatbot, a Elektra, batizada em homenagem à heroína do cinema e à personagem criada por Eurípedes, o último dos três dramaturgos da Grécia Antiga. A Elektra passou a nos apoiar com os chamados do Service Desk, respondendo algumas dúvidas dos colaboradores sobre troca de senha, abertura de chamado e instalação de software, por exemplo. Para entrar em contato com ela, nosso time só precisa acessar o ícone e começar a conversa.

Migração Física do Data center

A ATM fez um estudo para a migração do Data Center da CCEE, que estava alocado na Alameda Santos, para uma empresa especializada em hospedar servidores ativos com segurança. A migração ocorreu no fim do ano, proporcionando uma rara combinação de ganhos de qualidade e segurança com redução de custos para nossa instituição. O novo local que hospeda o Data Center conta com uma infraestrutura capaz de garantir o fornecimento ininterrupto de energia, manutenção sem paradas, suporte o tempo todo e segurança especializada.


Navegue por Aqui

Tamanho do Texto